A agência de eventos Yo Entretenimento virou alvo de críticas de fãs de bandas internacionais por cancelar, a poucos dias da data dos eventos, os shows anunciados por eles.

Só no primeiro trimestre deste ano, duas apresentações foram suspensas. A do grupo 5ive foi a primeira delas. A vocal band britânica subiria ao palco em 14 de abril e a agência anunciou o cancelamento do show no dia 9 do mesmo mês.

A advogada Vanessa Persephone, de 34 anos, é uma das pessoas que esperava ver sua banda favorita de pertinho. Ela lamenta a falta de responsabilidade da empresa. 

— É uma situação muito revoltante, não é porque eu sou hiper fã da banda e sofri uma quebra nas minhas expectativas, mas vi pessoas que não tinham condições gastando com passagens e hospedagens. O show poderia ter sido cancelado antes, prejuízos teriam sido evitados, a Yo esquece que está lidando com seres humanos.

Vanessa conta que comprou dois ingressos para o evento, algo em torno de R$ 700, e até o momento não teve o valor reembolsado.

— A Ingresso Rápido diz que provavelmente no dia 2 de maio iniciaria os estornos, porém estava em negociação com a Yo. Estamos aguardando algumas informações, porém a Yo não tem colaborado e demostrado sua boa fé.

O show de Aaron Carter também foi anunciado pela empresa para o próximo dia 5 de maio, porém, em contato com o R7, a assessoria de imprensa do cantor negou que ele viesse ao Brasil na data divulgada.

— Aaron Carter não vai se apresentar no Brasil no dia 5 de maio, mas seus agentes já estão trabalhando para garantir uma data [do show do cantor no País] ainda este ano.

O porta-voz da Yo, por sua vez, confirmou (no dia 18) que não haveria mais o show e disse que os fãs seriam avisados nos minutos seguintes. Além disso, Rafael garantiu que “todos os fãs que compraram ingresso já receberam comunicado via e-mail, também com as instruções de reembolso”. A informação não foi confirmada pelos fãs do cantor e até o fechamento desta nota o anúncio do cancelamento ainda não tinha sido publicado no perfil oficial da Yo nas redes sociais.

O motivo dos cancelamentos

A Yo, por meio de sua assessoria, justificou que o momento ruim da economia do País e a baixa venda de ingressos foram responsáveis pela suspensão das apresentações.

— O show da 5ive e do Aaron Carter são projetos dos anos 90 que a gente confiava muito, mas infelizmente os dois tiveram vendas baixíssimas. Não podemos trazer um artista internacional para cantar para 20, 30 pessoas… não dá pra bancar o evento. São cachês pagos em dólar, as passagens são caras, com a economia do País afundada, os projetos se tornaram inviáveis. É um momento ruim pra todos as empresas de entretenimento.

O porta-voz da agência também afirmou que eles demoraram para avisar os fãs sobre o cancelamento dos shows porque tinham esperanças de que pudessem conseguir viabilizá-los.

— Tentamos até o último momento fazer com que projeto fosse pra frente, acreditávamos, lutamos com os artistas. Procuramos patrocinadores e meios de tentar viabilizar o projeto.  A partir do momento que decidimos pelo cancelamento, avisamos o público da forma mais imediata possível.

Problema com registro

Os fãs da 5ive e da Aaron Carter também questionaram o motivo de a Yo estar com o CNPJ que consta no site atualmente inativo. Segundo Vanessa, a agência cancelou o CNPJ no dia 2 de abril, a 12 dias do show da vocal band.

— A Yo nos deve esclarecimentos e prestação de contas, inclusive deve informar quantos ingressos foram vendidos.

A assessoria explicou que a agência está deixando de ser MEI (Microempreendedor individual) para funcionar com CNPJ LTDA (sociedade limitada).

— Para que seja aberto o cadastro de pessoa jurídica de forma LTDA, para cumprimento da legislação, o MEI precisa ser encerrado.

Fonte: R7 entretenimento

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here