Quais alimentos colocar em aquários com peixes de água salgada

Qualquer pessoa que já teve um animal de estimação sabe que uma das primeiras coisas que um dono responsável faz é garantir que seu animal tenha uma dieta balanceada. Eles sabem que quanto mais saudável a alimentação dos seus bichinhos, mais chances terão de levar uma vida longa e tranquila. Os peixes mantidos em aquários de água salgada são exatamente assim. O proprietário responsável pelo

aquário de água salgada sabe quais tipos de alimentos seus peixes precisam para sobreviver e garante que eles tenham um estoque disponível deles.

A primeira coisa que você precisa saber sobre como alimentar os peixes tropicais é a quantidade de comida que eles devem receber. A regra geral é que, ao alimentar seus peixes, use um cronômetro e marque o tempo que eles levam para comer. O peixe deve levar cerca de dois minutos para terminar de comer. Se os peixes em seu aquário terminam de comer em menos de dois minutos, provavelmente não estão recebendo o suficiente. Se depois de dois minutos ainda houver comida sobrando, é provável que eles estejam se alimentando demais e você terá que cortar. Outra maneira mais precisa de medir a quantidade de comida é a regra de que cinquenta peixes tropicais adultos deveriam comer, aproximadamente dez gramas de comida em um mês, mas que pode ser variável de acordo com o crescimento.

Uma alimentação balanceada para peixes geralmente consiste em dez por cento de gordura e trinta a trinta e seis por cento de proteína. Também deve haver aminoácidos.

O primeiro passo para alimentar seus peixes com responsabilidade é saber que tipo de alimento eles comem. Alguns peixes não podem ser mantidos em um tanque que tenha coral porque gostam de comer os pequenos invertebrados que fazem do coral sua casa. Peixes predadores normalmente precisam ter comida viva ou congelada. Os peixes que vivem no fundo devem ser alimentados com um tipo de alimento que seja pesado o suficiente para afundar no fundo do tanque; esses peixes não se dão bem com alimentos para peixes que flutuam na superfície do tanque. Proprietários de aquários interessados em criar seus peixes tropicais costumam alimentá-los com artémia, que eles criam em sua própria incubadora.

Muitos cuidadores de aquários de peixes de água salgada gostam de usar alimentadores automáticos de comida para peixes. Os comedouros automáticos podem ser fixados na lateral do aquário. Uma vez que o dono do peixe carregue a tremonha com comida, o alimentador irá automaticamente distribuir a comida em intervalos regulares, isso permite que o dono do peixe tenha mais flexibilidade e não seja forçado a organizar seus horários para alimentar seus peixes. O comedouro automático médio para peixes não é capaz de fornecer comida viva ou congelada, o que os torna inconvenientes para peixes predadores. Alguns proprietários de peixes ausentes colocam blocos de alimentos em seus aquários.

Os proprietários de peixes tropicais devem armazenar sua comida de peixe extra em um local fresco e seco, em recipientes que não permitam que a umidade penetre. A comida de peixe congelada deve ser descartada após três meses.

Um dos perigos da super alimentação de peixes é que a comida desperdiçada pode causar estragos nos níveis de pH da água do aquário. Se muito alimento descartado está contaminando a água, pode levar os seus peixes à morte.